Singral Cimeiro - Campelo (Figueiró dos Vinhos) - (Latitude 40.0408) (Longitude 8.23927) Altitude 673 Mts. -

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Vida por vida -Figueiró dos Vinhos e os seus Bombeiros...


Porque achamos que estas iniciativas merecem o mais amplo destaque aceitámos a sugestão.


                                                                *************



  Vida por Vida


    Parabéns aos Bombeiros Voluntários de Figueiró!  82 Anos de existência



    Em 1927, a Associação Comercial de Figueiró dos Vinhos fervilhava de ideias. Formar e treinar uma corporação de Bombeiros foi uma delas. António de Azevedo Lopes Serra, farmaceutico e presidente então da Associação lançou a ideia em conjunto com a sua plêiade de amigos e consócios.


    Organizada uma subscrição e um sorteio, adquiriram uma bomba manual e uma carreta de tracção humana. A Comissão Organizadora do serviço de Incêndios, designação que adoptaram nesse ano, continuou a sua saga de adquirir fundos para conseguir realizar o seu intento e divulgou uma circular em que pedia donativos para o efeito. Organizou ainda uma Quermesse para os dias da Feira anual da vila, como consta da mesma circular.


    Em 1928, já o Presidente da Câmara, Mário Cid Guimarães Castro, havia cedido uma casa destinada a quartel dos bombeiros a este grupo de fundadores.


    Os anos seguintes são de crise económica. Esta e outras dificuldades contribuiram para que a corporação não tivesse evoluído até 1932, ano em que de novo, na Associação Comercial, se ressuscita a ideia e se elaboram os estatutos, numa Comissão presidida por José Manuel Godinho.


    Em 1935 já os associados contribuiam com quotas mensais e em 30 de Abril de 1936 realiza-se a primeira eleição dos corpos gerentes e decide-se que o lema da Corporação seria: “Vida por Vida”.


    82 anos a prestar serviços à comunidade figueiroense é já uma longa vida, que se deve manter jovem e sadia, dada a sua importância na defesa e protecção de vidas e da Vida.


    Se a História dos Bombeiros Voluntários é a memória daqueles que sonharam e lutaram por uma ideia, essa História deve ser divulgada e registada para que se continue a sonhar e a lutar pelo futuro.


    Muitos esforços se haveriam de fazer, desde 1927 até ao presente para que a Corporação continuasse e progredisse. Geração por geração… Vida por vida…


     


    Miguel Portela


    Margarida Herdade Lucas


    Jan 2010



 Imagens de Documentos originais da Colecção de Miguel Portela.









Sem comentários: