Singral Cimeiro - Campelo (Figueiró dos Vinhos) - (Latitude 40.0408) (Longitude 8.23927) Altitude 673 Mts. -

segunda-feira, 25 de maio de 2009

E a crise continua... desta vez na "Tendinha".

No passado dia 4 ,eu e a cara metade,vimos chegada a hora do almoço e ainda estávamos em Figueiró dos Vinhos tratando de assuntos que inevitavelmente iriam sobrar para a parte da tarde,assim sendo, e porque o tempo era escasso e ir almoçar a casa talvez fosse mais oneroso, ir e vir ao Singral são seguramente 50 Km,decidimos procurar um sítio para almoçar. Já eram quase duas da tarde,e quase instintivamente entrámos no restaurante "A Tendinha" ,assim que nos foi possível perguntámos á senhora se podíamos almoçar... " bem, eu tenho ainda umas costeletas... mas já não tenho batatas e ainda tenho três almoços para servir...bla bla bla " ainda que possa não ter sido textual o discurso da senhora ,a ideia que transpareceu foi a de que não tinha tempo para nos aturar...e não esboçou o mínimo gesto para nos convencer a ficar sugerindo alguma alternativa,como as boas práticas aconselham, nestas coisas de cativar clientes. Óbviamente que ao sentirmos o incómodo que estávamos a causar ,agradecemos e retirámo-nos, uma vez cá fora,e depois de esboçarmos uma meia dúzia de passos á nossa esquerda apercebemo-nos que havia um local onde várias pessoas comiam e cheirava a boa comida,o local tinha um aspecto humilde e fazia lembrar um daqueles sítios onde os trabalhadores menos abastados satisfaziam as suas necessidades gastronómicas,decidimos entrar e porque não?fizemos a mesma pergunta que no local anterior e o discurso foi totalmente diferente,foi-nos logo dado várias sugestões,e quando perguntei se tinham sopa, resposta imediata ,"temos sim" e é de quê? "é muito boa!" tivemos que acreditar,acabei por repeti-la! e quando mencionámos alguma coisa que não tinham,a resposta foi..."aguardem um pouco que vamos arranjar" enfim um verdadeiro tratado de hospitalidade. Conclusão: recomenda-se a todos aqueles que queiram comer boa comida caseira,por preço módico e que não se importem de prescindir do luxo nas instalações,trocando-o por uma hospitalidade digna de referência, façam uma incursão pela "Adega dos Passarões" o nosso muito obrigado.

1 comentário:

Anonymous disse...

Gostei muito da informação - na próxima, não me escapa.
(só não gosto muito daquela ressuceição da Páscoa.... :-))Bj2