Singral Cimeiro - Campelo (Figueiró dos Vinhos) - (Latitude 40.0408) (Longitude 8.23927) Altitude 673 Mts. -

sábado, 21 de junho de 2014

Santo António da Neve-2014

No antigo Cabeço do Pereiro (Serra da Lousã), ergue-se a Capela de Santo António da Neve em honra de Santo António de Lisboa, mandada construir por Julião Pereira de Castro, neveiro–mor da casa real, passando assim o local a chamar-se Santo António da Neve. Durante anos, esta capela esteve nas mãos de particulares, mas em 1954 foi adquirida pela Câmara Municipal de Castanheira de Pera e ficou na posse da Junta de Freguesia do Coentral. A capela encontra-se classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1986.

É assim todos os anos em junho no domingo a seguir ao dia 13 ,que se realiza uma cerimónia religiosa na Capela de St.António da Neve, provocando a afluência de inúmeros devotos, assim como "piqueniqueiros".Já a algum tempo que não íamos lá, e este domingo juntá-mo-nos aos demais.
Fiquei particularmente surpreendido com a profusão de vendedores ambulantes, que lá iam apregoando os seus produtos,até recorrendo a equipamento sonoro, havia um pouco de tudo,desde os célebres cobertores e edredons aos artigos de calçado e roupas de marca...mas para além de tudo, é justo reconhecer que o evento consegue catalisar o interesse das pessoas e fazer com que o convívio entre todos se estabeleça de uma forma sã e descontraída.
Pena é, no meu entender,que alguns dos presentes em desfavor da essência do encontro,teimem em deixar os seus carros entulhando a via por onde é sabido decorrer a passagem da Procissão, transformando essa solenidade numa espécie de gincana em redor das viaturas . 






Enquanto alguns dormiam a sesta ,aproveitei para dar uma caminhada acompanhado da inseparável "Lady" e percorri a zona mais alta onde se encontra a célebre vigia florestal (42.1) e a pista das avionetas que outrora a usavam para se abastecer de água quando os fogos assolavam zonas limítrofes.

Enfim, foram uns belos momentos de laser para descomprimir um pouco o estado de espírito ,desfrutando de um espaço serrano majestoso ,mas já com acentuados sinais de invasão intensa de visitantes, a meu ver fazia falta alguns pontos de recolha de lixo para facilitar a vida daqueles que não o querem deitar para o chão.


Os meus agradecimentos a todo o grupo que pelo convite nos proporcionaram um Domingo excepcional.

Sem comentários: