Singral Cimeiro - Campelo (Figueiró dos Vinhos) - (Latitude 40.0408) (Longitude 8.23927) Altitude 673 Mts. -

sábado, 13 de junho de 2009

Prevenção de incêndios florestais

Pela importância da situação transcrevo aqui um comunicado da ANPC.



COMUNICADO N.º 34

12 JUNHO DE 2009 - 15h05

PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS FLORESTAIS

ANPC ACCIONA ALERTA ESPECIAL AMARELO

De acordo com as informações do Instituto de Meteorologia (IM), o estado do tempo para hoje e próximos dias será caracterizado por tempo quente e instável. Assim, espera-se para o dia de hoje, 12 de Junho, e amanhã, 13 de Junho, temperaturas máximas elevadas, em especial nas regiões do Interior Centro e Algarve, com correntes de Leste e possibilidade de ocorrência de trovoadas.

A partir de segunda-feira, dia 15 de Junho, as temperaturas tenderão a baixar mas poderá agravar-se a situação de instabilidade atmosférica com possibilidade de trovoadas e vento moderado /forte nas terras altas.

Ainda de acordo com o IM foram accionados os Avisos Meteorológicos de Calor, por persistência de temperaturas altas, para os próximos dias nos distritos de Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Lisboa, Setúbal Évora e Beja.

Perante a situação prevista, o Comando Nacional de Operações de Socorro da ANPC determinou a passagem ao estado de Alerta Especial Nível Amarelo a partir das 14.00 horas de hoje, dia 12 de Junho, até às 20.00 horas de segunda-feira, dia 15 de Junho, para todo o território continental.

A ANPC recomenda à população a tomada das necessárias medidas de prevenção e precaução tomando especial atenção:

1. À tomada de medidas de precaução no que respeita à realização de fogueiras e outras formas de fogo em espaços rurais, evitando a sua realização neste período;

2. Ao cumprimento das medidas previstas na legislação em vigor nomeadamente no concerne à realização de queimadas, queima de sobrantes e realização de fogueiras e outras formas de fogo em espaços rurais, e em particular no que concerne à proibição de tais práticas nos locais onde se verifique o risco temporal de incêndio de níveis muito elevado e máximo;

3. À evolução do risco de incêndio para os próximos dias, disponível junto do Instituto de Meteorologia, Gabinetes Técnicos Florestais das Câmaras Municipais e Corpos de Bombeiros.

Portugal sem fogos depende de todos!

Autoridade Nacional de Protecção Civil

Sem comentários: