Singral Cimeiro - Campelo (Figueiró dos Vinhos) - (Latitude 40.0408) (Longitude 8.23927) Altitude 673 Mts. -

segunda-feira, 28 de junho de 2010

O final de uma longa viagem

Os invejosos,os trafulhas,os mal formados e restantes crápulas que visitavam esta tasca podem ficar descansados a partir de hoje ,O BLOG chegou ao fim!para aqueles que não fazem parte desta lista resta-me a esperança que outros com mais força e determinação continuem a sua obra para que nestes espaços de "liberdade de expressão" continue a haver assuntos que interessem aos mais bem formados a todos eles o meu muito obrigado,até sempre.

domingo, 20 de junho de 2010

José Saramago

"O homem mais sábio que conheci em toda a minha vida não sabia ler nem escrever"


                                    (José Saramago)

Feira Medieval

Fomos dar uma espreitadela à feira medieval em Castanheira de Pera, pouca gente, muito vento e...telefonemas para a corte mas o Rei não atendia...



Não destrua a natureza !

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Um dia bem passado...!

Aqui bem aconchegados nas bordas da Serra ,e não obstante o isolamento e despovoamento  que caracteriza o interior do nosso lindo pedaço à beira mar plantado...nós cá vamos sobrevivendo,mas sempre a espreitar o que se passa lá fora   ( em Lisboa...!) pois por azar até temos televisão, (analógica...) e cheia de interferências, rádio e pasme-se, Internet a 1/4 de Mb.de velocidade,mas para quê mais? nós nestas paragens não precisamos de andar depressa ,mesmo que tenhamos que visualizar algum vídeo vamos visionando aos "bochechos" que cria mais expectativa e a adrenalina sobe,  como que para compensar o facto de não estarmos entalados no trânsito citadino.Na televisão e logo de manhã levamos com as notícias frescas do dia anterior! condimentadas de quando em vez com umas reportagens do exterior pela nossa querida Helena Sousa e Silva (RTP) que coitada ,sem qualquer menosprezo pela pessoa, mas como repórter ao vivo é uma nódoa e eu a pensar que era de manhã o horário nobre... não, desculpem isso é na rádio,na televisão é para os estagiários como a Helena, acham que estou a ser muito severo? bolas nem aqui na Serra me consigo ver livre dela...hã ...hã...e mais hã, na tentativa de improvisar o discurso e como as palavras não lhe afloram à mente aí vai mais uma dúzia de HÃS ou  ÃMMMs ? nem sei como escrever para simular o som irritante daquela falta de improviso...note-se no entanto que não é o único exemplar que "bota" discurso nos meios de comunicação social massivos (para as massas,mas não alimentícias)  com este terrível defeito.Ligo o rádio e, ou ouço estilos dos que pensava eu que só existiram no tempo da pirataria,ou fico aqui no meio da serra a ser informado que o trânsito a seguir ao radar no aeroporto está congelado (desculpem ,congestionado!) chama-se a isto uma forma de promover a descentralização.
Depois de tomar o pequeno (Grande) almoço,lá me dirijo estrada fora na minha viatura,para dar o meu contributo à sociedade e ganhar uns trocos que em boa hora me apareceu para contrariar o estatuto de desempregado que envergava há já algum tempo, e não é que de vez em quando me cruzo com alguns espécimens  da fauna local o que me faz sentir de facto mais distante daquilo que ouço na rádio ou televisão.
Durante o dia, ouvi dizer que ia haver um grande acontecimento desportivo e que até os Srs. Deputados lá para baixo em Lisboa iam fazer um interregno no seu árduo labor para disfrutarem de uma sessão televisiva durante o horário de trabalho... é este o exemplo? será que depois fizeram horas extraordinárias pagas a peso de ouro e livre de impostos para porem em dia os trabalhos interrompidos?afinal , tantos feriados, tanta necessidade de produção e não chega verem em diferido no final da jorna?parece que não,tem que ser ao vivo para que as emoções fiquem sincronizadas em simultâneo,facciosismo ? não... Patriotismo !
No final do dia de trabalho e contente com os escassos euros conseguidos pelo contributo dado à comunidade,é o regresso em sentido contrário até ás "bordas" da serra na busca de algum sossego,mas,como também não sou perfeito caio na tentação e ligo a televisão para saber um pouco mais sobre o que se passa para além fronteiras (da serra...) e logo ouço insistentemente e doentiamente  falar de milhões para aqui, milhões para ali ,cortes aqui cortes acolá,e que não se corta o ordenado dos trabalhadores,de determinadas instâncias estatais porque não são cargos políticos,aí fiquei mais descansado porque não tendo eu um cargo político não iria ver o meu magro ordenado ser violentado...assim continuei a jantar com mais apetite ,mas logo o cansaço acumulado e o aumento da irrigação sanguínea do estômago me criou um estado de sonolência tal que rapidamente me desliguei da realidade e encetei uma viagem pelo mundo da fantasia, e amanhã será igual? 

Feira medieval em Castanheira de Pera

BTT em Figueiró dos Vinhos

sábado, 12 de junho de 2010

Tão difícil arranjar tão fácil estragar...

Passaram cerca de cinco dias, desde que aqui se publicou um desabafo a propósito do caminho municipal 1124 (estrada Alge Singral) e andava eu por aqui a remexer as gavetas e eis que encontrei um apontamento já com alguns meses que me foi gentilmente enviado por Tózé Lima .
Aguardava eu um momento mais adequado para o publicar, pois estava em crer que o mesmo iria ser melhorado  com o acrescentar de mais alguns dados interessantes sobre o Singral , mas como esses acrescentos tardam em chegar, o que é perfeitamente compreensível tendo em conta a intensidade e diversidade de actividades desenvolvidas pelo nosso leitor Tózé Lima  achei que neste momento e no contexto das recentes atrocidades ao referido caminho, seria oportuno dá-lo a conhecer aos nossos leitores ,independentemente de nos transportar até aos primórdios das iniciativas que tiveram lugar para se conseguir esta estrada ,também faz referência a outras iniciativas que contribuem para o conhecimento histórico deste lugarejo. 
Ainda que sob a etiqueta "elementos históricos" deste blog, já haja alguma matéria sobre o Singral, este texto que aqui acrescento da autoria deste nosso leitor será certamente mais um elemento para enriquecer este historial.



"O blog dedicado ao Singral é importante para a identidade do concelho de Figueiró dos Vinhos, e particularmente da zona serrana do norte do concelho, para além de integrar relatos da vida de uma aldeia que recusa permanecer na sombra, graças a homens e a iniciativas, que mantêm as nossas (interiorizadas) aldeias vivas, plenas de identidade e de memórias pulsantes.
Já integrei o blog do Singral («SINGRAL - Um blog rural») na colecção de links do meu blogue (http://booklandia.pt/tozemcsilva/).
Antes de abraçar a causa do património, das memórias e identidades e da história local (primeiro com uma licenciatura e agora com um mestrado, que estou a finalizar) fui topógrafo da Camara Municipal de Figueiró dos Vinhos durante 16 anos, tendo nesse ambito, palmilhado dezenas de vezes o concelho figueiroense, que conheço como ninguem e (tal como se diz) "como as palmas das minhas mãos". Conheço muito bem o Singral e toda a região de Campelo, todos os caminhos, povoações e "casais", ribeiras, etc, tendo inclusivamente feito o levantamento topográfico a povoações inteiras (Peralcovo, Alge, Pé de Janeiro, Carvalhos, Pedingote, Eiras, campelo, Campelinho, Ribeira Velha, Fontão - Cimeiro e Fundeiro- , Serrada, Poisia, Póvoa, Torgal, Carvalho da Barreira, Porto Oliveira, Singral, Vilas de Pedro...etc, etc. Observei muito bem cada uma dessas povoações e conheço pessoas em todas elas.
Gosto muito da povoação do Singral, que visitei muitas vezes, solitariamente ou com amigos que convidava para esse efeito. Nessa altura era um lugar deserto, onde reinava apenas o vento e o murmurar das ribeiras, sobretudo entre 1993 e 1995.
Um dia destes, quem sabe, talvez a gente se encontre por lá...para beber um copo e aproveito para matar saudades dessa pérola serrana.
Uma curiosidade acerca do Singral: a sua fonte foi inaugurada em 1947 e foi graças a um homem, de nome José Lourenço, comerciante em Lisboa (e acho que filho desse lugar) que a mesma foi construida, para regozijo da população do lugar e da Camara Municipal (na altura o presidente ainda era o Dr. Manuel Simões Barreiros), que assim poupou uns "cobres" ao erário público. O Singral foi das primeiras povoações campelenses a possuir abastecimento de água, por via dessa preciosa fonte. "
..."
José Lourenço, comerciante em Lisboa, foi um agente dinamizador no lugar do Singral Cimeiro (onde eu acho que o mesmo nasceu), tendo tomado algumas iniciativas objectivando a melhoria da qualidade de vida da população desta pequena aldeia, bem como acabar com o isolamento que a mesma padecia em relação à sede do concelho. Lembro que o Singral é a aldeia mais distante em relação à vila de Figueiró dos Vinhos.

Assim, em Novembro de 1945, presidiu a uma comissão que formou, a fim de encetar esforços junto do então Presidente da Câmara Dr. Manuel Simões Barreiros, para a construção da estrada Alge-Singral.
Em Abril de 1947, através da Camara Municipal, conseguiu que um engenheiro viesse de Coimbra, de nome Lemos, e partisse para aquele lugar, calcorreando a serra, (lembro também que Manuel Simões Barreiros nutria um carinho especial pela freguesia que o viu nascer) a fim de fazer o estudo para a construção da estrada.
Entretanto, continuo a investigar o apuramento da sua conclusão, tanto nos livros de “actas” da Câmara como na Imprensa local da época. Prometo que darei noticia nesse sentido.
Quanto ao abastecimento de água: a primeira fonte da aldeia foi construída durante o 1º semestre do ano de 1947, graças também a iniciativa deste benemérito José Lourenço, para regozijo da população do lugar e da Câmara Municipal, que assim poupava uns "cobres" ao erário público. O Singral foi das primeiras povoações campelenses a possuir um pré-abastecimento de água, por via dessa preciosa fonte.
Todavia, em 21 de Julho de 1963, pelas 12 horas, era inaugurado oficialmente o “abastecimento” de água ao lugar do Singral, levado a cabo por iniciativa da Câmara Municipal, que se fez representar nessa inauguração e que culminou em festa rija abrilhantada pelo Rancho Folclórico da Lousã.
Isto é, entre 1947 e 1963, a povoação do Singral Cimeiro teve a sorte de desfrutar de uma fonte graças à iniciativa de um particular, uma vez que tais obras pesavam no erário público, mercê da falta de fontanários em muitas aldeias espalhadas de norte a sul do concelho Figueiroense. Muitos lugares só possuíram “abastecimento” de água regular (através de fontanários) no desenrolar da década de 50 ou 60, com fontanários eficazmente canalizados e ligados a fontes de água mais encorpadas."

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Castanheira de Pera sem fios...


...e sem serviço!
Já aqui fiz referência a este serviço público, que a Câmara de Castanheira de Pera nos oferece, não obstante ser uma oferta meritória ,e em que muitos cidadãos já se apoiavam, convém no entanto não esquecer que mais vale sê-lo do que parecê-lo !
Se até aqui, o serviço público de Internet que este sistema nos oferecia era de má qualidade porque estava sempre com falhas e dificuldades de acesso recorrentes,agora é pior,há mais de uma semana que as falhas se tornaram permanentes!
Não sabemos se o projecto faliu ou se é apenas uma falha para poupar dinheiro,ou até quem sabe, apenas um teste à impaciência de quem dele usufruía mas sejam quais forem os motivos penso que seria de bom tom afixar em algum lado visível no Concelho,(ex. por baixo do painel a anunciar a existência deste) uma informação sobre o futuro deste serviço.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Actividades lúdicas em Figueiró.





As praias fluviais de Ana de Aviz e das Fragas de São Simão, em Figueiró dos Vinhos, irão acolher pelo 5.º ano consecutivo, mais um “Vivápraia”, a decorrer entre o dia 5 e 30 de Julho de 2010.
Esta iniciativa, promovida pelo Projecto “Figueiró – Construir para a Inclusão” e pela Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos, é dirigida aos jovens 6 aos 18 anos e engloba actividades recreativas, desportivas, lúdico-pedagógicas e de educação ambiental, entre as quais jogos aquáticos, escalada, canoagem, aulas de hip hop, construção de jangadas, caça ao tesouro, entre outras, devidamente acompanhadas por técnicos especializados.
A Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos disponibiliza o transporte.
A par destas acções, estará presente na praia fluvial Ana de Aviz, uma “Bibliopraia”, onde se poderão encontrar livros, jornais e revistas que estarão disponíveis para uma breve leitura ou para requisição de qualquer interessado.
As inscrições e informações podem ser feitas na sede do Projecto “Figueiró – Construir para a Inclusão”, sedeado no Bairro Teófilo Braga nº. 45, em Figueiró dos Vinhos ou através do contacto: 96 1303047.

Estaremos perante uma nova forma de escravatura...?



Um dia destes, no auditório 3 da Fundação Gulbenkian a certa altura o orador José Mattoso disse...


..."o realismo do pensamento contemporâneo rejeita fantasias e ilusões; por isso dá-nos a exacta dimensão de um património que é testemunho das capacidades do povo português demonstradas durante mais de 500 anos".  
"Recordá-lo hoje, em plena conjuntura de uma crise financeira e económica que preocupa todos os portugueses pode, e creio que deve, servir de estímulo para congregar os esforços necessários à superação de mais este passo difícil da nossa história. Não devemos, porém, esquecer uma diferença fundamental: outrora, a superação da crise europeia fez-se, em boa parte, à custa da vida e do trabalho de milhares e milhares de escravos: hoje, só poderá conseguir-se com o esforço, a solidariedade e a inteligência de cidadãos livres e conscientes dos direitos humanos". 

Em tempo de crise vale a pena ver...

E cá se vai andando com a cabeça entre as orelhas...

domingo, 6 de junho de 2010

BTT -Caminho do Singral acima...

Foi no passado dia 30 de Maio,um Domingo bem agradável cheio de sol que um grupo de ciclistas em BTT atravessou o nosso famoso caminho nº 1124, andávamos nós também a passear...mas a pé!Já vinham da Louçainha e não sabemos ao certo onde terminaram a jornada.

Fauna no Singral

Foi um dia destes ,que com alguma subtileza consegui aproximar-me o suficiente para conseguir fotografar pela primeira vez um dos espécimens que se abriga e alimenta pelas redondezas...

Interregno...

Muitos foram os nossos leitores que preocupados nos mandaram emails, estranhando a ausência de actividade neste singular "blog",desde já os nossos agradecimentos a todos pela preocupação.
Em boa verdade nada de especial acontece a não ser uma série de vicissitudes que nos vai impedindo de condimentar este espaço com a regularidade desejada,desde por exemplo, a más condições de acesso à Internet como também à escassez de tempo disponível, pois a situação de CRISE obriga-nos a todos (todos?) a  investir-mos mais tempo na aquisição de mais alguns "trocos" no horário pós laboral não sobrando por assim dizer tempo para as actividades lúdicas...este é o grande mal de muitos de nós ficar-mos reféns de um trabalho exaustivo e com excesso de horas apenas para sobreviver, tempo para lêr? tempo para ir ao cinema? tempo para nos dedicar-mos à família? tempo para espaços lúdicos? não meus amigos tem que ser assim para nem sequer termos tempo para pensar... convém mais, para eternizar as incongruências do sistema e possibilitar a uns quantos uma vida faustosa e irresponsável.

Tão fácil estragar tão difícil arranjar...

Já tinha-mos abordado este assunto, mas pasme-se que afinal de nada serviu...o que mais nos surpreende é a indiferença por parte da Autarquia quando foi alertada para este assunto no dia 23 de Março pelas 9:30 horas directamente ao assessor do Sr. Presidente, relativamente a este acto de vandalismo perpetrado a bens públicos por parte de alguns sobrepujantes no negócio das madeiras.
Não nos move nenhuma animosidade especial a quem anda a tratar da vida ,mas seria bom que tivessem em conta os interesses da comunidade ,as pessoas bem formadas e educadas não fariam o que está à vista, mas mesmo tendo havido uma abordagem e um pedido a um dos intervenientes nas operações de corte e carregamento no sentido de não danificarem a estrada eis o que nos presentearam.
A Direcção da nossa associação aqui no Singral já fez uma exposição deste incidente junto da Câmara Municipal, por escrito ,vamos aguardar pela reacção e interesse da mesma.
Afinal, este caminho municipal nº1124  demorou mais de meio século a ser conseguido... e com um grande investimento da autarquia ,devemos tentar preservá-lo e tratá-lo com carinho!   Clique e leia mais...











Clique e leia o artigo anterior     


Tributo a Fernando Simões



Ao aproximar-se o 16 de Junho , que fará o segundo aniversário desde que o avô nos deixou, senti a vontade de te prestar um pequeno tributo com algumas singelas palavras,


Meu querido avô
-----------------------------
Estou muito triste
Porque partiste?
Quem adivinharia?
Mas quem diria?

Destroçado está o meu coração
Esgotadas estão as minhas lágrimas
Neste Mundo nada me serve de consolação!
Mas que grande tristeza.
Porque este dia tão cedo chegou?
apenas 60 anos...
Tinha ainda tantas palavras para te dizer
Até sempre Avô!


Xana

Festas do Concelho de 23 a 27 de Junho.


Durante o mês de Junho, Figueiró dos Vinhos está em festa, celebrando o seu Feriado Municipal e realizando um conjunto de iniciativas que assinalam esta data e proporcionam aos residentes e aos muitos visitantes uma animação contínua.

Do programa das festas do Concelho “São João 2010”, fazem parte as seguintes actividades:

DIA 06 DOMINGO

09.00h Final do Torneio de Chinquilho (Aguda)

DIA 10 QUINTA

09.30h VII Encontro de Automóveis "Clássicos de Figueiró"

DIA 19 SÁBADO

10.00h Passeio Turístico TT

15.00h Festival de Xadrez e Damas com o Campeão Nacional Vaz Vieira

DIA 20 DOMINGO

09.00h Final do Torneio de Matraquilhos

(Aldeia de Ana de Aviz)

10.00h V Passeio BTT S. João

DIA 23 QUARTA

Mercado Municipal

18.30h Abertura da X FIGEXPO

19.00h Abertura do Festival da Sopa e

Tasquinhas com actuação do grupo Esperanças

21.00h Animação no Stand da Biblioteca

Jardim Municipal

21.30h Desfile de Marchas Populares

22.30h Sardinhada Popular

23.00h Espectáculo Humorístico e Musical NUNO EIRÓ e NUNO GRACIANO

24.00h Baile de S. João com o grupo RM

01.00h Fogo de Artifício na Zona da

Fonte Luminosa

01.30h Baile de S. João com o grupo RM

 DIA 24 QUINTA

COMEMORAÇÕES do DIA do CONCELHO

09.00h Hastear da Bandeira

10.00h Sessão Solene da Assembleia Municipal no Salão Nobre

12.00h Festival da Sopa e Tasquinhas

15.00h Cerimónias Religiosas em Honra de S. João Baptista

Clube Figueiroense

17.00h Inauguração da Exposição "Figueiró dos Vinhos - 100 anos de República"

Jardim Municipal

17.30h Actuação Concertinas de Augusto e Filhos

Mercado Municipal

16.30/21.00h Animação no Stand da Biblioteca

19.00h Demonstração de Karaté

19.00h Festival da Sopa e Tasquinhas com

actuação do grupo de Gaiteiros

21.00h Actuação da Escola de Música Paulo Carvalho

21.30h Actuação de Tunas

DIA 25 SEXTA

Mercado Municipal

19.00h Festival da Sopa e Tasquinhas com

actuação da Filarmónica Figueiroense

21.00h Animação no Stand da Biblioteca

21.30h Desfile de Marchas Populares

23.00h Baile com o grupo SÓ RITMO

DIA 26 SÁBADO

 Estádio Municipal Afonso Lacerda

10.00h 1º Torneio de Futebol Quadrangular "Costifoot"

Mercado Municipal

12.00h Festival da Sopa e Tasquinhas

16.30/21.00h Animação no Stand da Biblioteca

17.00h Jogo Amigável de Futebol de 11 (Figueiró dos Vinhos/ Alvaiázere / Ansião

Castanheira de Pêra / Pedrogão Grande)

19.00h Passeio Nocturno de TT

Mercado Municipal

19.00h Festival da Sopa e Tasquinhas com actuação da Bandinha da Alegria

23.00h Actuação do grupo AMIGOS DO PRESIDENTE

DIA 27 DOMINGO

07.00h Torneio de Pesca de S. João da Associação Desportiva

09.00h Final do Torneio de Sueca (Gimnodesportivo)

Mercado Municipal

12.00h Festival da Sopa e Tasquinhas

15.00h Concurso de Saltos de Hipismo

(Centro Hípico)

Mercado Municipal

14.30h Entrega de Prémios do Torneio de Sueca

15.30h Entrega de Prémios do "Concurso

Figueiró Florido 2010"

16.30h Entrega de Prémios da "Feira de Arte Informática"

16.30/21.00h Animação no Stand da Biblioteca

17.00h Escola de Música Paulo Carvalho - Jam Session (Sessão Livre)

18.00h Actuação do grupo PAULITEIROS DE MIRANDA

19.00h Demonstração de HIP HOP e Body Combat - Sta. Casa da Misericórdia

20.00h Festival da Sopa e Tasquinhas com actuação de Cavaquinhos

21.30h Actuação do RANCHO FOLCLÓRICO FLORES DA ALEGRIA



Ciclo de cinema em Junho (Figueiró dos Vinhos)

Ciclo de Cinema – Junho
Quartas-feiras 15:30
M\12
O Atirador        2 de Junho
Sofrendo de uma doença terminal, John Bernard Books (John Wayne), o último dos lendários pistoleiros, regressa pacificamente a Carson City, para receber tratamentos do seu velho amigo, o Dr. Hostetler (James Stewart).
Sabendo bem que os seus dias estão contados, o perturbado homem procura paz e tranquilidade numa pensão dirigida por uma viúva (Lauren Bacall) e pelo seu filho (Ron Howard). No entanto, o destino de Books não é morrer em paz, quando se vê envolvido numa última e violenta batalha. O último western de Wayne, dirigido pelo mestre Don Siegel.


Sol Vermelho   9 de Junho
Sol Vermelho baseia-se numa história real passada no Oeste Americano em 1870 quando um fora-da-lei, um pistoleiro, uma prostituta e um guerreiro Samurai se juntam e partem em nome da glória, da ganância, e de sangue. Estes auênticos Quatro Magníficos são encarnados por CHARLES BRONSON, ALAIN DELON, URSULA ANDRESS e TOSHIRO MIFUNE; nas mãos do realizador TERENCE YOUNG ("Agente Secreto 007", "007 Ordem para Matar", "007 Operação Relâmpago"), transforma-se na mais poderosa máquina de morte que o Oeste alguma vez já conheceu.


Os Profissionais  16 de Junho
Em 1917, o rico texano J.W.Grant contrata um grupo de homens para entrar no México e trazer de volta a esposa Maria, que ele diz que foi raptada pelo líder revolucionário Jesus Raza. Os homens contratados são mercenários e especialistas em suas respectivas áreas: o líder do grupo, Fardan, é o perito em armas;Bill Dolworth, especialista em explosivos; Hans Ehrengards, cavalos; e Jake Sharp, cordas e arco-e-flecha. Fardan e Dolworth lutaram durante muitos anos na Revolução com Haza e o respeitavam. Não entendem porque ele faria algo como raptar a mulher de um fazendeiro. Mas aceitam o trabalho pelo dinheiro oferecido por Grant.
Agindo sempre de maneira altamente profissional, eles atravessam o inóspito deserto, escapando dos rebeldes, espiões e bandidos até que conseguem chegar ao esconderijo de Haza. Mas quando encontram a mulher, eles se surpreendem pois Maria resiste a ser resgatada.



Winchester’73      23 de Junho
Lin McAdam e Frankie "High Spade" Wilson, seu melhor amigo, chegam em Dodge City (Kansas) para um concurso de tiro no aniversário da cidade, cujo prêmio é um rifle Winchester. O rifle era o mais desejado da época e era tão perfeitamente fabricado que era conhecido como "Um em Mil". No saloon Lin se depara com Dutch Henry Brown, que não gostava de longa data, e só não duelam pois o xerife, Wyatt Earp, auxiliado por seus irmãos e por Bat Masterson, todos mitos do Velho Oeste, não permite que ninguém ande armado pela cidade.
Depois do encontro na cidade, os antagonistas saem pelo deserto e acabam sendo envolvidos na guerra entre os indios e a cavalaria americana.

O Comboio das 3 e 10     30 de Junho
Ben Wade (Russell Crowe) é um fora-da-lei, um bandido temido por todos, que é capturado na sequência de um assalto a um banco. Dan Evans (Christian Bale), um veterano da Guerra Civil que luta por manter o seu rancho e ganhar o respeito do filho adolescente, propõe-se como voluntário para escoltar Ben até ao comboio das 3h10, o comboio que o levará ao julgamento. Mesmo muito distintos, os dois homens ganham o respeito um do outro. Mas os homens de Ben farão tudo para o resgatar e o bandido também não perderá a oportunidade de fugir. A missão de Dan é por isso cada vez mais violenta e infernal e a viagem até Yuma parece cada vez mais longa.