Singral Cimeiro - Campelo (Figueiró dos Vinhos) - (Latitude 40.0408) (Longitude 8.23927) Altitude 673 Mts. -

sábado, 30 de janeiro de 2010

Vale a pena pensar nisto..

Os senhores que governam este País, falam tanto do interior, do nosso interior tão belo, cheio de tradições culturais, gastronómicas e outras, deviam viver quinze dias em cada zona do interior, sabem porquê? a prima da Antonieta foi trabalhar para Castanheira de Pera, e deu-se conta que durante o dia os transportes públicos são quase inexistentes e ao fim do dia e noite não existem de todo, logo para sair de Castanheira de Pera, se não tiver viatura própria, só de táxi ou ambulância.
É certamente uma das causas, porque ninguém se fixa, no interior do nosso lindo País.
(D.Noémia)

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Porque os EUA devem milhares de milhões ao Haiti:Um resumo histórico.



Por Bill Quigley


Porque é que os EUA devem milhares de milhões ao Haiti? Colin Powell, antigo secretário de Estado dos EUA, definiu a sua política externa como a "regra do Pottery Barn". Ou seja – "quem parte, paga".

Durante 200 anos os EUA fizeram tudo para "partir" o Haiti. Estamos em dívida para com o Haiti. Não é uma questão de caridade. Estamos em dívida para com o Haiti por uma questão de justiça. Indemnizações. E não apenas os 100 milhões de dólares prometidos pelo presidente Obama – isso são trocos. Os EUA devem ao Haiti milhares de milhões – com Ms maiúsculos.

Há séculos que os EUA têm feito tudo para dar cabo do Haiti. Os EUA usaram o Haiti como uma plantação. Os EUA ajudaram a sangrar o país economicamente desde que ele se tornou independente, invadiu várias vezes o país com forças militarizadas, apoiou ditadores que violentaram a população, utilizaram o país como caixote do lixo para nossa conveniência económica, arruinaram as suas estradas e a sua agricultura, e derrubaram os eleitos pela população. Os EUA até usaram o Haiti como os antigos proprietários de plantações e esgueiravam-se para ali frequentemente para recreação sexual.

Eis a história mais resumida de algumas das principais tentativas dos EUA para dar cabo do Haiti.

Em 1804, quando o Haiti conquistou a sua independência da França na primeira revolução de escravos bem sucedida a nível mundial, os Estados Unidos recusaram-se a reconhecer o país. Os EUA continuaram a recusar o reconhecimento do Haiti durante mais 60 anos. Porquê? Porque os EUA continuavam a escravizar milhões dos seus próprios cidadãos e receavam que o reconhecimento do Haiti encorajasse a revolução dos escravos nos EUA.

Depois da revolução de 1804, o Haiti foi sujeito a um debilitante embargo económico pela França e pelos EUA. As sanções americanas duraram até 1863. A França acabou por usar o seu poderio militar para forçar o Haiti a pagar indemnizações pelos escravos que foram libertados. As indemnizações foram de 150 milhões de francos. (A França vendeu todo o território da Louisiana aos EUA por 80 milhões de francos!).

O Haiti foi forçado a pedir dinheiro emprestado aos bancos da França e dos EUA para pagar as indemnizações a França. Por fim, em 1947, foi finalmente feito um enorme empréstimo aos EUA para liquidar a dívida aos franceses. Qual o valor actual do dinheiro que o Haiti foi forçado a pagar aos bancos franceses e americanos? Mais de 20 mil milhões de dólares – com Ms maiúsculos.

Os EUA ocuparam e governaram o Haiti pela força de 1915 a 1934. O presidente Woodrow Wilson enviou tropas para o invadir em 1915. As revoltas dos haitianos foram dominadas pelos militares americanos – que mataram mais de 2000 num só confronto. Durante os dezanove anos que se seguiram, os EUA controlaram as alfândegas no Haiti, cobraram impostos e dirigiram muitas instituições governamentais. Quantos milhares de milhões foram aspirados pelos EUA durante esses 19 anos?

De 1957 a 1986, o Haiti foi forçado a viver sob as ditaduras de "Papa Doc" e de "Baby Doc" Duvalier, apoiados pelos americanos. Os EUA apoiaram esses ditadores económica e militarmente porque eles faziam o que os EUA queriam e eram politicamente "anti-comunistas" – ou seja, como se traduz hoje, eram contra os direitos humanos das suas populações. Duvalier roubou milhões ao Haiti e contraiu uma dívida de centenas de milhões que o Haiti ainda continua a dever. Dez mil haitianos perderam a vida. As estimativas revelam que o Haiti tem uma dívida externa de 1,3 mil milhões de dólares e que 40% dessa dívida foi contraída pelos Duvaliers apoiados pelos EUA.

Há trinta anos o Haiti não importava arroz. Hoje o Haiti importa quase todo o seu arroz. Embora o Haiti fosse a capital do açúcar das Caraíbas, hoje também importa açúcar. Porquê? Os EUA e as instituições financeiras mundiais dominadas pelos EUA – o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial – forçaram o Haiti a abrir os seus mercados ao mundo. Depois os EUA despejaram no Haiti milhões de toneladas de arroz e açúcar subsidiados pelos EUA – arruinando os seus agricultores e arruinando a agricultura haitiana. Ao arruinar a agricultura haitiana, os EUA forçaram o Haiti a passar a ser o terceiro maior mercado mundial do arroz americano. Foi bom para os lavradores americanos, mau para o Haiti.

Em 2002, os EUA suspenderam centenas de milhões de dólares de empréstimos ao Haiti que deviam ser utilizados, entre outros projectos públicos, como a educação, para estradas. São essas as mesmas estradas que as equipas de salvamento têm tido tanta dificuldade em percorrer actualmente!

Em 2004, os EUA voltaram a destruir a democracia no Haiti quando apoiaram o golpe contra o presidente eleito do Haiti, Aristides.

O Haiti até é usado para recreação sexual tal como no tempo das antigas plantações. Analisem cuidadosamente as notícias e encontrarão inúmeras histórias de abuso de menores por missionários, soldados e trabalhadores caritativos. Mais ainda, há as frequentes férias sexuais que americanos e outros estrangeiros passam no Haiti. Quanto se deve por isso? Qual o valor que lhe atribuiriam se fossem os vossos irmãos e irmãs?

Há anos que empresas americanas têm vindo a conluiar-se com a elite haitiana para dirigir oficinas escravizantes enxameadas de milhares de haitianos que ganham menos de 2 dólares por dia.

O povo haitiano tem resistido ao poder económico e militar dos EUA e de outros desde a sua independência. Tal como todos nós, os haitianos também cometem os seus erros. Mas o poder americano tem forçado os haitianos a pagar um preço enorme – mortes, dívida e abusos.

É tempo de a população americana se juntar aos haitianos e inverter o curso das relações EUA-Haiti.

Esta breve história mostra porque é que os EUA devem ao Haiti milhares de milhões – com Ms maiúsculos. Isto não é uma questão de caridade. É uma questão de justiça. É uma indemnização. A actual crise é uma oportunidade para a população americana tomar consciência da história do nosso país no que se refere ao domínio do Haiti e dar uma resposta deveras justa.
Bill é o director responsável no Centro dos Direitos Constitucionais e professor de direito na Universidade de Loyola em New Orleans.Ele é um sobrevivente do Katrina e tem estado activo já há vários anos em defesa dos direitos humanos junto do Instituto para a Justiça e Democracia no Haiti. Quigley77@gmail.com
17/Janeiro/2010 (Traduzido por Margarida Ferreira )

Para saber mais sobre a história da exploração do Haiti pelos EUA ver:
Um vídeo (Em inglês),Watch a video
· Paul Farmer, The Uses of Haiti http://www.assoc-amazon.fr/e/ir?t=resistirinfo-21&l=ur2&o=8
· Peter Hallward, Damming the Flood http://www.assoc-amazon.fr/e/ir?t=resistirinfo-21&l=ur2&o=8
· Randall Robinson, An Unbroken Agony: Haiti, from Revolution to the Kidnapping of a President

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Figueiró tem Carnaval!


Bom, se ainda houver quem tenha tempo e boa disposição para a folia...aqui fica o cartaz do Carnaval em Figueiró dos Vinhos.

Limpar Portugal

Recebemos a seguinte informação da Câmara Municipal ,que transcrevemos:




"Caros Munícipes/Associações/Entidades

O Município de Figueiró dos Vinhos aderiu ao projecto Limpar Portugal iniciativa que pretende desenvolver uma actividade global no próximo dia 20 de Março, em relação aos quais poderá obter mais informações em http://limparportugal.ning.com/ e  http://www.limparportugal.org/ .

O Projecto Limpar Portugal (PLP) é um movimento cívico ALTRUISTA cujo objectivo é promover a educação ambiental por intermédio da iniciativa de limpar a floresta portuguesa no dia 20 de Março de 2010.

Tendo o Município de Figueiró dos Vinhos aderido a esta iniciativa, vai realizar-se uma reunião no próximo dia 3 de Fevereiro, quarta feira, pelas 17h30m na Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos pelo que, sensibilizando-os para esta iniciativa, formulamos o convite para estarem presentes e divulgar a mesma junto da v/ estrutura associativa. Na ocasião, serão dados mais pormenores sobre esta iniciativa.

Caso tenha conhecimento de outras pessoas ou instituições interessadas em participar neste evento, agradecíamos a sua divulgação.

Por razões de ordem logística agradecíamos a confirmação da v/ presença até às 12 horas do dia 3 de Fevereiro para este email (gtflorestal@cm-figueirodosvinhos.pt)

Saudações Ambientais



Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos
Município de Figueiró dos Vinhos "




Como nota de curiosidade é de referir que sim! afinal a Câmara Municipal é sensível a estas questões do ambiente,não porque nos tenha respondido aos emails que enviámos e que reproduzimos em baixo, mas porque o demonstra ao aderir a este projecto...








"Exmos.Srs. a 19 de Junho de 2009 enviei-lhes este email,gostaria apenas de saber se algo foi indagado,e ou se a Câmara Municipal é sensível a estas questões porque até á presente data não me chegou ao conhecimento que tenha havido alguma iniciativa como reacção a esta denúncia,obrigado ,José Farinha       http://singral.blogspot.com






José João escreveu:
Agradecia apenas que me confirmassem que a mensagem foi lida... Mto.obrigado,José Farinha.



Assunto:
Alerta de atentado ambiental.
De:
José João
Data:
Fri, 12 Jun 2009 11:17:37 +0100
Para:
Presidência Câmara Figueiró dos Vinhos , José Jesus Nunes Martins
Para:
Presidência Câmara Figueiró dos Vinhos , José Jesus Nunes Martins

Este é um alerta para o que for tomado como conveniente,alertei a GNR  mas não surtiu efeito,assim, tomo a liberdade de convidar a Câmara Municipal a tomar conhecimento deste triste ,mas infelizmente muito frequente acontecimento,bastando para isso seguir o "Link" que vem junto a esta mensagem.
Os meus melhores cumprimentos,José Farinha     (Singral Cimeiro)

http://singral.blogspot.com/2009/06/atentado-ambiental.html "




PCQA



Não sabe o que é? simples... a mim levou-me algum tempo a descobrir, mas como já estou a ficar um pouco "obsoleto" compreende-se, então lá vai,  Plano Controle Qualidade Água .
O Singral tem água proveniente da sua ribeira,que é retirada por uma bomba para um depósito e que por sua vez chega aos fontanários existentes e ás torneiras das casas,para consumo humano...
Agora fomos "prendados" com umas lindíssimas placas nos chafarizes cá do burgo ,isto por força do decreto lei 306/2007,de 27 de Agosto (em vigor desde 01-01-2008) Consultar.

Enfim, ainda não estamos integrados no PCQA mas vamos bebendo a água...

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

O abastecimento de água ao Singral

Como temos vindo a referir amplamente,este é um problema básico com que nos debatemos,mais uma vez ocorreu uma falha,desta vez foi problema na bomba de elevação do precioso líquido.Mas queremos desta tribuna enaltecer o esforço e empenhamento do pessoal do piquete das águas que foram incansáveis até que conseguissem repor o abastecimento .Também o interesse e apoio dado pela Câmara Municipal aqui merece um destaque e continuamos a aguardar por um projecto mais adequado ás necessidades,obrigado.

Logótipo da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos

Verificando-se que, nas actividades realizadas pela associações às quais a Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos dá diversos apoios ou co-organiza, são elaborados cartazes ou outro material promocional contendo o brasão da Câmara Municipal, pelo presente enviamos em anexo o logótipo que deverá ser colocado em substituição do antigo.



Com os melhores cumprimentos.

 Ivone Napoleão dos Santos



Internet "Wireless" na Castanheira de Pera

Não é pelo facto de ser de "borla" que nos inibimos de fazer uma crítica ao serviço de Internet difundido em sinal aberto na Castanheira de Pera,no tal sistema comummente apelidado de "wireless" (sem fios) mas que em boa verdade é um sem fim de falhas "endless" (sem fim).Ora está bom, ora não está ,mais parece um pisca- pisca...Já que ela existe (a internet sem fios) porque não contar com ela? Um projecto que certamente envolveu alguns "trocos" ainda que co-financiado pelo FEDER,e amplamente divulgada e em que muitos dos munícipes e forasteiros vêm nela uma hipótese de ter acesso a esta rede mundial a que já não nos podemos dissociar,afinal presta um mau serviço...problemas técnicos? reveja-se! falhas de luz no servidor? instale-se umas "UPS" (Unit Power Supply) a baterias, o orçamento deveria tê-las contemplado ,desculpem-nos o desabafo mas não pudemos evitá-lo tendo em conta as falhas sistemáticas do sistema pràticamente desde o seu início!

Imprensa do Norte do Distrito de Leiria

Foi no passado sábado,um dia bastante chuvoso aqui na Castanheira,onde quase não se via ninguém na rua,o ambiente era nostálgico, e eis que nada melhor para afugentar essa nostalgia e condimentar o nosso espírito com alguma dose de cultura em agradável tertúlia,do que nos dirigir-mos à Casa do Tempo,eram sensivelmente 17 horas,estava a dar-se início à anunciada conferência subordinada ao título: A Idade do Ouro da Imprensa do Norte do Distrito de Leiria, apresentada por Miguel Portela e Margarida Herdade Lucas.
O público não era abundante,mas que poderíamos nós esperar? fim de semana de chuva e no interior...enfim cerca de uma dezena de pessoas mas que foram suficientes para levar a bom termo a iniciativa,trocaram-se algumas impressões, aprendemos um pouco de história e conhecemos pessoalmente os promotores do evento em ambiente agradável e acolhedor.Apenas uma nota de curiosidade,o director do “Castanheirense”, António Carreira, integrou na conferência, a História deste jornal local, um dos muitos exemplos de um dos mais antigos da região mas com um nível de voz tão baixo que houve quem não conseguisse ouvi-lo...no final houve lugar as uns aperitivos com o já tradicional vinho do Porto.
Parabéns pela iniciativa.








Desporto Infantil

  
“Desporto Infantil” - Augusto Inácio e Ribeiro Cristóvão em Figueiró dos Vinhos

No próximo dia 22 de Janeiro, sexta-feira, pelas 21h30m na Casa Municipal da Juventude, em Figueiró dos Vinhos, terá lugar uma conferência/conversa subordinada ao tema “Desporto Infantil”.


Esta iniciativa contará com a presença de Augusto Inácio, treinador de Futebol da Naval 1.º de Maio e de Ribeiro Cristóvão, comentador desportivo, que vêm a Figueiró dos Vinhos integrados num conjunto actividades dinamizadas pela Costifoot - Academia de Futebol.

O Desporto Infantil no contexto das academias de futebol e a importância do desporto no desenvolvimento dos jovens serão decerto temas a abordar por estas duas personalidades do futebol português.


sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Reflexão

"Não há pior analfabeto que o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. O analfabeto político é tão burro que se orgulha de o ser e, de peito feito, diz que detesta a política. Não sabe, o imbecil, que da sua ignorância política é que nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, desonesto, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo."

Bertolt Brecht (1898-1956)

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Limpeza da estrada de acesso ao Singral.

Desejamos agradecer públicamente á Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos, o facto de ter destacado alguns dos seus funcionários a fim de limpar e desimpedir a estrada de acesso ao Singral de inúmeros detritos, árvores partidas,vegetação crescendo na área de circulação etc.esta operação teve lugar ontem e hoje.
Apenas uma nota de curiosidade,ao cruzar-nos com os funcionários em questão e termos proferido uma saudação amistosa a sua indiferença foi total...(?).

Alge não consta do mapa das aldeias no "sitio"da Junta Freguesia de Campelo!

Não obstante um nosso leitor já ter feito um reparo na nossa coluna de comentários, e ter enviado um email á junta dando conta dessa lacuna, na lista das aldeias da freguesia, Alge ainda não consta ! (?) ...




quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Bombeiros voluntários de Castanheira de Pera - Convocatória-


A idade do ouro da imprensa do norte do distrito de Leiria

No passado mês de Outubro foi em Alvaiázere,desta feita acontece em Castanheira de Pera na Casa do Tempo, e decorre até dia 26 de Janeiro, uma mostra de uma colecção de jornais do norte do distrito de Leiria,desde o fim da monarquia,ao Estado Novo.Vários manuscritos,cartas,livros autografados e documentos autênticos integram a imprensa local na História Política e Cultural Portuguesa.
De realçar para o próximo dia 16 de Janeiro pelas 17 horas na Casa do Tempo uma conferência relativa a esta exposição.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Desmoronamentos no Singral

Alguns restos de construções seculares, não mais resistem á adversidade das últimas condições meteorológicas aqui no Singral,esperamos contudo que mais acontecimentos desta natureza não ponham em risco a integridade física de alguém...







Esta aconteceu hoje...e curiosamente costumo passar por este "quelho"!

Vida por vida -Figueiró dos Vinhos e os seus Bombeiros...


Porque achamos que estas iniciativas merecem o mais amplo destaque aceitámos a sugestão.


                                                                *************



  Vida por Vida


    Parabéns aos Bombeiros Voluntários de Figueiró!  82 Anos de existência



    Em 1927, a Associação Comercial de Figueiró dos Vinhos fervilhava de ideias. Formar e treinar uma corporação de Bombeiros foi uma delas. António de Azevedo Lopes Serra, farmaceutico e presidente então da Associação lançou a ideia em conjunto com a sua plêiade de amigos e consócios.


    Organizada uma subscrição e um sorteio, adquiriram uma bomba manual e uma carreta de tracção humana. A Comissão Organizadora do serviço de Incêndios, designação que adoptaram nesse ano, continuou a sua saga de adquirir fundos para conseguir realizar o seu intento e divulgou uma circular em que pedia donativos para o efeito. Organizou ainda uma Quermesse para os dias da Feira anual da vila, como consta da mesma circular.


    Em 1928, já o Presidente da Câmara, Mário Cid Guimarães Castro, havia cedido uma casa destinada a quartel dos bombeiros a este grupo de fundadores.


    Os anos seguintes são de crise económica. Esta e outras dificuldades contribuiram para que a corporação não tivesse evoluído até 1932, ano em que de novo, na Associação Comercial, se ressuscita a ideia e se elaboram os estatutos, numa Comissão presidida por José Manuel Godinho.


    Em 1935 já os associados contribuiam com quotas mensais e em 30 de Abril de 1936 realiza-se a primeira eleição dos corpos gerentes e decide-se que o lema da Corporação seria: “Vida por Vida”.


    82 anos a prestar serviços à comunidade figueiroense é já uma longa vida, que se deve manter jovem e sadia, dada a sua importância na defesa e protecção de vidas e da Vida.


    Se a História dos Bombeiros Voluntários é a memória daqueles que sonharam e lutaram por uma ideia, essa História deve ser divulgada e registada para que se continue a sonhar e a lutar pelo futuro.


    Muitos esforços se haveriam de fazer, desde 1927 até ao presente para que a Corporação continuasse e progredisse. Geração por geração… Vida por vida…


     


    Miguel Portela


    Margarida Herdade Lucas


    Jan 2010



 Imagens de Documentos originais da Colecção de Miguel Portela.









A culpa é do "Zé Ninguém" !

Nada disto é novidade, todavia quando tomo conta desta triste realidade mais do que uma vez,as náuseas aumentam...de que estou a falar? se quiser saber clique e leia...

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Neve com fartura...


As piores expectativas vieram a confirmar-se, efectivamente a neve acumulada no caminho de acesso ao Singral,  foi suficientemente farta para impedir que pudéssemos sair para    ir    trabalhar ,e não só...
Durante a manhã apercebemo-nos que a situação não era simples, mas sempre acreditámos que a chuva viria para a derreter,mas a chuva até ao momento em que estou a escrever estas linhas não apareceu.A meio da tarde contactámos a Câmara Municipal para saber se nos poderiam ajudar no sentido de limpar os acessos da tão maravilhosa neve mas que teima em criar dificuldades acrescidas para quem habita nos seus locais de eleição.Foi então que ficámos a saber através de um seu funcionário,que o nevão afectou muito mais gente aqui na região circundante do que poderíamos imaginar,Castanheira de Pera esteve isolada pelo menos da parte da manhã, entre outros inconvenientes, provocou um grande atraso na deslocação do Sr.Presidente Rui Silva até á Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos , e vários outros lugares tiveram que ser intervencionados pelas equipas respectivas, não só para remover neve como também para corte de árvores caídas; à hora da nossa chamada já estavam para cá da Ribeira Velha,os escassos meios fizeram com que as operações se tornassem morosas mas fomos tranquilizados, numa situação de emergência viriam até ao Singral imediatamente, mas se não fosse necessário ficaria para amanhã no decurso normal das operações,e até quem sabe, a chuva trataria do assunto durante a noite...
Aparentemente esta queda de neve com esta intensidade nesta região, afigura-se como sendo um fenómeno que já há muitos anos não era experimentado.
Pela nossa parte aqui no Singral resta-nos esperar pacientemente pelo dia de amanhã ou a chuva nos "salva" ou lá terão que vir as máquinas de limpeza,isto, até ao dia em que o euro milhões nos bater à porta e possamos finalmente adquirir um veículo de tracção ás quatro rodas!  esperemos no entanto que a chuva e os ventos fortes anunciados para amanhã não venham contrariar de forma diferente  os nossos desejos.















Neva com intensidade no Singral


Do conhecimento que temos do Singral,é a primeira vez que temos neve com esta intensidade...só nos resta saber se amanhã conseguimos sair daqui, pois duvidamos que os carros consigam subir a rampa com este gelo no chão, e o resto da estrada não sabemos se não estará pior...a ver vamos.