Singral Cimeiro - Campelo (Figueiró dos Vinhos) - (Latitude 40.0408) (Longitude 8.23927) Altitude 673 Mts. -

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Gabriel Garcia Marquez ?

Este texto que aqui publico, foi atribuído a autoria de Gabriel Garcia Marquez, que teria sido uma carta de despedida aos seus amigos quando cometido por uma doença grave,na verdade não consegui confirmar a autenticidade deste texto,e muitas dúvidas proliferam sobre a autoria do mesmo ,ainda assim ,como o achei digno de se ler, pela sua beleza e conteúdo, aqui fica  ele para os nossos leitores que ainda não o tenham encontrado...  


"Se por um instante Deus se esquece-se de que sou uma marioneta de trapos e me presenteasse com mais um pedaço de vida, eu aproveitaria esse tempo o mais que pudesse.”Possivelmente não diria tudo o que penso, mas definitivamente pensaria tudo o que digo.Daria valor às coisas, não por aquilo que valem, mas pelo que  significam.
Dormiria pouco, sonharia mais, porque entendo que por cada minuto que fechamos os olhos, perdemos sessenta segundos de luz.
Andaria quando os demais se detivessem,acordaria quando os demais dormissem.Se Deus me presenteasse com um pedaço de vida,deitava-me ao sol, deixando a descoberto,não sómente o meu corpo, como também a minha alma.Aos homens, eu provaria quão equivocados estão ao pensar que deixam de se enamorar quando envelhecem, sem saberem que envelhecem quando deixam de se enamorar..A um menino eu daria-lhe asas, apenas lhe pediria que aprendesse a voar.  Aos velhos ensinaria que a morte não chega com o fim da vida, mas sim com esquecimento. Tantas coisas aprendi com Vós homens…. Aprendi que todo o mundo quer viver no cimo da montanha, sem saber que a verdadeira felicidade está na forma de subir a escarpa.

Aprendi que quando um recém nascido aperta com a sua pequena mão, pela primeira vez, o dedo do seu pai, agarrou-o para sempre.Aprendi que um homem só tem direito a olhar o outro de cima para baixo, quando está a ajudá-lo a levantar-se.São tantas as coisas que pude aprender com Vocês, mas agora, realmente de pouco me irão servir, porque quando me guardarem dentro dessa caixa, infelizmente estarei morrendo.
Sempre diz o que sentes e faz o que pensas.Supondo que hoje seria a última vez que te vou ver dormir, te abraçaria fortemente e rezaria ao Senhor para poder ser o guardião da tua alma.Supondo que estes são os últimos minutos que te vejo, diria-te “Amo-te” e não assumiria, loucamente, que já o sabes.Sempre existe um amanhã em que a vida nos dá outra oportunidade para fazermos as coisas bem, mas pensando que hoje é tudo o que nos resta, gostaria de dizer-te o quanto te quero, que nunca te esquecerei.O amanhã não está assegurado a ninguém, jovens ou velhos. Hoje pode ser a última vez que vejas aqueles que amas. Por isso, não esperes mais, fá-lo hoje, porque o amanhã pode nunca chegar. Senão, lamentarás o dia em que não tiveste tempo para um sorriso, um abraço, um beijo e o teres estado muito ocupado para atenderes esse último desejo.
Mantém os que amas junto de ti, diz-lhes ao ouvido o muito que precisas deles, o quanto lhes queres e trata-os bem, aproveita para lhes dizer, “perdoa-me”, “por favor”, “obrigado” e todas as palavras de amor que conheces.Não serás recordado pelos teus pensamentos secretos. Pede ao Senhor a força e a sabedoria para os expressar.Demonstra aos teus amigos e seres queridos o quanto são importantes para ti."

Acção de formação em Figueiró dos Vinhos

domingo, 30 de agosto de 2009

Convívio entre amigos...?

In Jornal "O Ribeira de Pera" Nº 76  de 15 de Agosto de 2009

O Singral Fundeiro

O Singral Fundeiro praticamente foi diluído pelo espesso manto de mato que abunda por estas paragens, no entanto um destes dias, fomos visitados por este simpático casal  que nos confidenciou que ambos nasceram em Singral Fundeiro... vieram matar saudades do local, mas, o que resta da sua terra natal está inacessível e ficaram pelo Cimeiro, os nossos agradecimentos aos irmãos Barrote.

sábado, 22 de agosto de 2009

A vila de Miranda e o censo da sua população entre 1527-1532

Aqui estão alguns documentos que pelo seu interesse histórico fiz questão de os publicar,de notar que o Singral já consta deste censo ,(Singral Cimeiro e Fundeiro).
Na época, todos estes lugarejos pertenciam ao Condado de Miranda.
Se por acaso algum dos nossos leitores tiver conhecimentos desta escrita e tenha disponibilidade para colaborar,gostaríamos que a tradução fosse mais pormenorizada,pois não sabemos quantos "vizinhos" correspondem ás letras que aparecem.(a equivalência daquelas letras aos algarismos respectivos).
Estes documentos foram obtidos na Torre do Tombo por gentileza de Fernando Jorge.

Alguém poderá confirmar se o Singral na época, só tinha cinco habitantes?("vizinhos")


(Para visionar melhor os documentos faça clique sobre o mesmo, que ele será ampliado.)












terça-feira, 11 de agosto de 2009

Com o calor o perigo espreita!

Foi no passado dia 9, que Alge acordou ao som dos motores de helicópteros.
As muitas pessoas que estiveram em Alge durante a festa anual em honra do Divino Espírito Santo, foram surpreendidas na manhã de Domingo pelo movimento de dois Helis ligeiros de combate a incêndios, que apoiavam bombeiros de Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pêra e de Concelhos limítrofes, no combate a um incêndio florestal que deflagrou perto das aldeias de Trespostos e Ponte Fundeira, na Freguesia de Campelo. O alerta foi dado por vigias na zona, e graças à pronta intervenção dos meios, o incêndio foi rapidamente dominado. No local esteve também uma unidade dos GIPS em apoio às operações. Saliente-se o facto de terem sido usados pela primeira vez o tanque de água construído na encosta por cima da Ponte Fundeira e a bomba de abastecimento de viaturas de combate a incêndio instalada na zona da praia fluvial de Alge. De certeza que ninguém quereria ver a estreia destas infraestruturas construídas pela Comissão de Compartes do lugar de Alge, mas foram sem dúvida preciosas para os meios no terreno.

terça-feira, 4 de agosto de 2009